SAIS
A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N
| O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

Aciclovir  ( Antiviral )
Aciclovir, Antivirax, Aviral, Exavir, Ezopen, Zovirax

Apresentação: comprimidos de 200 mg e 400 mg. Solução venosa em frascos de 250 mg.

Mecanismo de ação: incorpora-se ao DNA do vírus inibindo a multiplicação viral.

Nível Sangüíneo: 1 a 2 horas.

Eliminação: 2 a 3 horas.

Indicação: episódio inicial ou recorrente de herpes simples.
Adulto e criança acima de 12 anos: I.V. 5 mg/kg 8/8 horas por 7 dias (5 dias para herpes genital).
Criança abaixo de 12 anos: I.V. 250 mg/kg 8/8 horas por 7 dias (5 dias para herpes genital).
Herpes genital. Adulto: V.O. 200 mg 4/4 horas por 10 dias.
Herpes genital recorrente. Adulto: V.O. 200 mg 4/4 horas por 5 dias.
Herpes genital crônico. Adulto: V.O. 200 mg 3 vezes ou 400 mg 2 vezes por 6 a 12 meses.
Varicela. Adulto e criança: V.O. 20 mg/kg por 5 dias.

Reação Adversa:
SNC: (associada à 1.a dose): cefaléia, mudanças encefálicas (letargia, tremor, confusão, agitação, CONVULSÃO, COMA).
SCV: hipotensão.
SGI: náusea, vômito, diarréia.
SGU: elevação da creatinina, hematúria.
PELE: rash, prurido.
OUTROS: inflamação, erupção vesicular, flebite no local da infusão.

Interação: Probenecida: aumenta o nível de aciclovir no sangue. Monitorize a toxicidade.
Zidovudina: pode causar letargia ou desmaio.

Conta-indicação: contra-indicado para paciente hipersensível à droga. Use cuidadosamente em pacientes com problema
neurológico e renal, desidratação ou usando drogas nefrotóxicas.

Cuidados de enfermagem:
1. O aciclovir tem sido mais benéfico em adolescentes do que em crianças.
2. Oriente o paciente que a droga controla a infecção, mas não a cura.
3. Oriente o paciente sobre os primeiros sinais de infecção, tais como dor no local, prurido, queimação. A medicação deve ser usada para interromper o início da infecção.
4. Comunique ao médico se os níveis de creatinina estiverem elevados. Em caso positivo, ofereça líquido ao paciente.
5. Encefalite ocorre com mais freqüência em pacientes com distúrbios neurológicos e que já tiveram reação a drogas neurotóxicas.
6. I.V.: infunda a droga no mínimo em 1 hora para prevenir distúrbio renal.
7. Hidrate o paciente aumentando a ingesta líquida em 1.500 ml/24 horas a 2.500 ml/24 horas para diminuir o risco de nefrotoxicidade.
8. Não administre I.M. ou S.C.
9. A concentração acima de 10 mg/ml está associada a alta incidência de flebite.


Pesquisar Medicamentos
Patrocínio:
©2004-2014 AME / Nelma Rodrigues Soares Choiet Goldenzwaig. Todos os Direitos Reservados. by Guest